terça-feira, 26 de outubro de 2010

Em quem os famosos votam?

A MIB selecionou alguns dos famosos e vamos mostrar sua opnião sobre em quem eles vão votar para presidente no segundo turno. A eleição do segundo turno está chegando, VOTE COM CONSCIÊNCIA.
Famosos que votam em Dilma Rousseff – PT
Chico Buarque
Gilberto Gil
Oscar Niemeyer
Alcione
Beth Carvalho
Otto
Famosos que votam em José Serra – PSDB
Glória Menezes e Tarcísio Meira
Juca de Oliveira
Maitê Proença
Paulo Goulart
Beatriz Segall Fonte: Mentes Imundas e Belas

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Veja-"Um filho teu não foge à luta"-José Serra 45

video

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Troca de acusações marca debate entre Dilma e Serra

Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

 

Pouco se falou de propostas no debate de ontem promovido pela Rede TV! e Folha de S.Paulo entre os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB). No lugar de discussão sobre o que será feito no Brasil nos próximos quatro anos, acusações e ataques mútuos. A petista, porém, pouco mais comedida do que no debate anterior, da Band, no qual efetuou críticas enfáticas ao adversário, o que foi interpretado como certo desespero, pois o tucano vem crescendo nas pesquisas de intenção de voto.
Nos cinco blocos da atividade, cada candidato fez cinco perguntas para o concorrente. Dilma escolheu o tema privatizações em três oportunidades, matéria que também explora nas propagandas de rádio e televisão. Os outros dois assuntos foram Educação e emprego.
Serra diversificou mais. Indagou a petista sobre trabalho, combate ao narcotráfico, infraestrutura e Saúde. Mas a ênfase ficou mesmo para as críticas de parte a parte.
Ao responder uma das questões acerca das privatizações, o tucano observou ser um assunto eleitoreiro. "Na véspera de eleição vem o PT e a candidata colocarem isso no centro da discussão, por interesse puramente eleitoral. Isso não está na agenda do Brasil. Agora, existe estatais do governo federal que são usadas para fins privados, de um partido ou de uma turma", apontou.
Já Dilma ressaltou que o adversário "tem a mania" de criticar as ações da União, sob o comando do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seu principal cabo eleitoral. "A principal característica do Serra é fazer programa piloto. É fazer pouco para poucos. E nós fazemos muito para muitos."
Os ataques foram tão constantes no debate que os próprios presidenciáveis fizeram comentários. "No lugar de me ofender, o melhor seria ela falar que quando teve reponsabilidade (para fazer obras e projetos) as coisas não aconteceram. No governo da Dilma os investimentos em estradas foram menores do que na década passada. Nunca se investiu tão pouco em estradas", frisou o tucano. Dilma rebateu. "Ele diz que eu o ofendo, mas ele é réu em processo por ter me ofendido", observou, ao completar: "O seu conhecimento da infraestrutura brasileira não é tão aprofundado".

COMPARAÇÕES
Comparativos entre os governos de Fernando Henrique Cardoso (PSDB - 1995 a 2002) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT - 2003 a 2010) foram inevitáveis, mas pouco se falou nominalmente dos dois presidentes. Foram citados 11 vezes: oito o tucano (sendo cinco por Dilma) e três o petista (duas pela ex-ministra).
Aliás, as comparações levaram José Serra a reclamar da ausência de propostas. "Voltar toda hora no governo anterior não resolve os problemas que temos pela frente." Dilma, novamente, contra-atacou. "Ele (Serra) não quer que eu compare (os governos) em São Paulo e não olhe para o governo do Fernando Henrique Cardoso, que é o dele. Mas não tem como saber se ele é capaz de fazer, porque quando pôde, fez menos."
No pouco que foi discutido de concreto, Dilma defendeu rede de hospitais de especialidades para diminuir as filas para consultas e exames. Afirmou que implantará 500 UPAs (Unidades de Pronto Atendimento 24 horas) no País e montará a Rede Cegonha, de atendimento a bebês e gestantes.
Serra, por sua vez, disse que construirá 154 AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidade), mas sem deixar de criticar a adversária. "Eles copiam o que já fizemos", concluiu, ao referir-se aos projetos na área de Saúde.

domingo, 17 de outubro de 2010

As polêmicas opiniões de Ciro Gomes

AS OPINIÕES DE CIRO GOMES
No início da tarde de ontem, o nome do deputado Ciro Gomes (PSB-CE) despontava como o assunto mais comentado do Trending Topics do Twitter no Brasil. Isso por causa de um vídeo que começou a circular na internet desde o último dia 8 e já foi acessado por quase 120 mil internautas. Nele, o novo coordenador da campanha nacional do PT à Presidência aparece apresentando suas polêmicas opiniões — em duas entrevistas distintas — sobre:
O PMDB: — Quem manda no PMDB não tem o menor escrúpulo. Nem ético, nem republicano, nem compromisso público e nem nada. É um ajuntamento de assaltantes... E o Michel Temer é o chefe dessa turma. 
O PT: — O PT e o Lula ficaram contra a Constitutição de 88. Já o Fernando Henrique começou a experiência de governo com uma obra em curso, o Plano Real, e o PT também ficou contra. O PT e o Lula, a ponto de o PT ter feito uma campanha golpista com o “Fora FHC”. 
E a candidata petista Dilma Rousseff: — Todo mundo sabe que eu sou adversário do Serra desde sempre. Agora o Serra está mais preparado que a Dilma. Por que? Porque já foi governador, já foi prefeito, já foi ministro duas vezes, já foi deputado, já disputou eleições, já ganhou e já perdeu. E ela nunca disputou nenhuma eleição.
Fonte (O globo)

Marina Silva e PV anunciam posição de 'independência' no segundo turno

De 80 votantes, 76 optaram por 'independência', informou partido.
Em discurso, senadora criticou 'dualidade destrutiva' entre PT e PSDB.

A senadora Marina Silva e Partido Verde anunciaram neste domingo posição de "independência" em relação à disputa do segundo turno da eleição presidencial entre Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB).
No primeiro turno, Marina, candidata a presidente pelo PV, obteve 19,6 milhões de votos, quase 20% dos votos válidos. O apoio dela e do PV era cobiçado por Dilma e por Serra, que enviaram cartas à senadora destacando afinidades entre pontos dos planos de governo.
Durante a reunião plenária do PV neste domingo em São Paulo que decidiu pela 'independência', Marina leu uma carta aberta a Dilma e Serra, em que afirma que essa é posição que melhor pode contribuir para o processo eleitoral.
Em discurso, a ex-presidenciável fez críticas ao que chamou de uma "dualidade destrutiva" entre PT e PSDB, comparada por ela às oposições entre MDB e Arena no regime militar e a republicanos e monarquistas no período imperial.
A posiçao defendida por Marina Silva foi semelhante à de varias lideranças do PV que discursaram na reunião plenária. De acordo com o presidente nacional do PV, José Luiz Penna, dos 80 votantes na plenária, 65 eram delegados do partido e 15, representantes da sociedade. Segundo Penna, dos 80, quatro não votaram pela posição de "independência".

sábado, 16 de outubro de 2010

Qual é a cidade mais antiga do mundo?

Jericó, na palestina, tem cerca de 10 mil anos de existência Foto: Divulgação


A cidade mais antiga do mundo é Jericó, na Palestina. Com aproximadamente 10 mil anos de existência, suas ruínas estão localizadas a cerca de meio quilômetro da Jericó moderna.
"Mas, até a década de 20 do século passado, o título de cidade mais antiga era de Ur, na Suméria (no Sudeste do Iraque atual), que teria sido construída há 6 mil anos", diz o professor de História Voltaire. Segundo ele, há arqueólogos que ainda consideram Ur a cidade mais antiga.
Nessa disputa, entra na briga também Damasco, capital da Síria, cidade mais antiga que nunca deixou de ser habitada durante 5 mil anos. Beirute, no Líbano, Cairo, no Egito, e Sanaa, no Iêmen, também estão entre as mais antigas do mundo.

Sistema esquelético

SISTEMA DE SUSTENTAÇÃO
SISTEMA ESQUELÉTICO
Imagem: AVANCINI & FAVARETTO. Biologia – Uma abordagem evolutiva e ecológica. Vol. 2. São Paulo, Ed. Moderna, 1997.
Além de dar sustentação ao corpo, o esqueleto protege os órgãos internos e fornece pontos de apoio para a fixação dos músculos. Ele constitui-se de peças ósseas (ao todo 208 ossos no indivíduo adulto) e cartilaginosas articuladas, que formam um sistema de alavancas movimentadas pelos músculos.
O esqueleto humano pode ser dividido em duas partes:
1-Esqueleto axial: formado pela caixa craniana, coluna vertebral caixa torácica.
2-Esqueleto apendicular: compreende a cintura escapular, formada pelas escápulas e clavículas; cintura pélvica, formada pelos ossos ilíacos (da bacia) e o esqueleto dos membros (superiores ou anteriores e inferiores ou posteriores).
1-Esqueleto axial
1.1-Caixa craniana
Possui os seguintes ossos importantes: frontal, parietais, temporais, occipital, esfenóide, nasal, lacrimais, malares ("maçãs do rosto" ou zigomático), maxilar superior e mandíbula (maxilar inferior).
Imagem: AVANCINI & FAVARETTO. Biologia – Uma abordagem evolutiva e ecológica. Vol. 2. São Paulo, Ed. Moderna, 1997.
Observações:
Primeiro - no osso esfenóide existe uma depressão denominada de sela turca onde se encontra uma das menores e mais importantes glândulas do corpo humano - a hipófise, no centro geométrico do crânio. 
Segundo - Fontanela ou moleira é o nome dado à região alta e mediana, da cabeça da criança, que facilita a passagem da mesma no canal do parto; após o nascimento, será substituída por osso.
1.2-Coluna vertebral
É uma coluna de vértebras que apresentam cada uma um buraco, que se sobrepõem constituindo um canal que aloja a medula nervosa ou espinhal; é dividida em regiões típicas que são: coluna cervical (região do pescoço), coluna torácica, coluna lombar, coluna sacral, coluna cocciciana (coccix).
1.3-Caixa torácica
É formada pela região torácica de coluna vertebral, osso esterno e costelas, que são em número de 12 de cada lado, sendo as 7 primeiras verdadeiras (se inserem diretamente no esterno), 3 falsas (se reúnem e depois se unem ao esterno), e 2 flutuantes (com extremidades anteriores livres, não se fixando ao esterno).
2- Esqueleto apendicular
2-1- Membros e cinturas articulares
Cada membro superior é composto de braço, antebraço, pulso e mão. O osso do braço – úmero – articula-se no cotovelo com os ossos do antebraço: rádio e ulna. O pulso constitui-se de ossos pequenos e maciços, os carpos. A palma da mão é formada pelos metacarpos e os dedos, pelas falanges.
Cada membro inferior compõe-se de coxa, perna, tornozelo e pé. O osso da coxa é o fêmur, o mais longo do corpo. No joelho, ele se articula com os dois ossos da perna: a tíbia e a fíbula. A região frontal do joelho está protegida por um pequeno osso circular: a rótula. Ossos pequenos e maciços, chamados tarsos, formam o tornozelo. A planta do pé é constituída pelos metatarsos e os dedos dos pés (artelhos), pelas falanges.
Os membros estão unidos ao corpo mediante um sistema ósseo que toma o nome de cintura ou de cinta. A cintura superior se chama cintura torácica ou escapular (formada pela clavícula e pela escápula ou omoplata); a inferior se chama cintura pélvica, popularmente conhecida como bacia (constituída pelo sacro - osso volumoso resultante da fusão de cinco vértebras, por um par de ossos ilíacos e pelo cóccix, formado por quatro a seis vértebras rudimentares fundidas). A primeira sustenta o úmero e com ele todo o braço; a segunda dá apoio ao fêmur e a toda a perna.
 
Juntas e articulações
Junta é o local de junção entre dois ou mais ossos. Algumas juntas, como as do crânio, são fixas; nelas os ossos estão firmemente unidos entre si. Em outras juntas, denominadas articulações, os ossos são móveis e permitem ao esqueleto realizar movimentos.
Ligamentos
Os ossos de uma articulação mantêm-se no lugar por meio dos ligamentos, cordões resistentes constituídos por tecido conjuntivo fibroso. Os ligamentos estão firmemente unidos às membranas que revestem os ossos.
Classificação dos ossos
Os ossos são classificados de acordo com a sua forma em: 
A - Longos: têm duas extremidades ou epífises; o corpo do osso é a diáfise; entre a diáfise e cada epífise fica a metáfise. A diáfise é formada por tecido ósseo compacto, enquanto a epífise e a metáfise, por tecido ósseo esponjoso.  Exemplos: fêmur, úmero. 
Imagem: AVANCINI & FAVARETTO. Biologia – Uma abordagem evolutiva e ecológica. Vol. 2. São Paulo, Ed. Moderna, 1997, com adaptações
B- Curtos: têm as três extremidades praticamente equivalentes e são encontrados nas mãos e nos pés. São constituídos por tecido ósseo esponjoso. Exemplos: calcâneo, tarsos, carpos. 
C - Planos ou Chatos: são formados por duas camadas de tecido ósseo compacto, tendo entre elas uma camada de tecido ósseo esponjoso e de medula óssea Exemplos: esterno, ossos do crânio, ossos da bacia, escápula.
Revestindo o osso compacto na diáfise, existe uma delicada membrana - o periósteo - responsável pelo crescimento em espessura do osso e também pela consolidação dos ossos após fraturas (calo ósseo). As superfícies articulares são revestidas por cartilagem. Entre as epífises e a diáfise encontra-se um disco ou placa de cartilagem nos ossos em crescimento, tal disco é chamado de disco metafisário (ou epifisário) e é responsável pelo crescimento longitudinal do osso. O interior dos ossos é preenchido pela medula óssea, que, em parte é amarela, funcionando como depósito de lipídeos, e, no restante, é vermelha e gelatinosa, constituindo o local de formação das células do sangue, ou seja, de hematopoiese. O tecido hemopoiético é popularmente conhecido por "tutano". As maiores quantidades de tecido hematopoético estão nos ossos da bacia e no esterno. Nos ossos longos, a medula óssea vermelha é encontrada principalmente nas epífises.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Weslian Roriz-Veja cada "asneira''que ela fala em debate

video

Veja como está a pesquisa censo em Jequié


População

Estimada*: 150.541
Recenseada: 146.373
Média de moradores por domicílio: 3,33

Já recenseada: 97%
Ainda não recenseada: 3%
Coleta encerrada
Finalizado


Domicílios

Estimados*: 45.618
Recenseados: 43.990


Já recenseados: 96%
Ainda não recenseados: 4%
Coleta encerrada
Finalizado

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Os carros mais vendidos em 2010

1 VW Gol












2 Fiat Uno












4 GM Celta












3 Fiat Palio












5 VW Fox/CrossFox












7 GM Corsa Sedan












6 Fiat Siena












8 Fiat Strada












10 Ford Fiesta Hatch












9 Ford Ka












11 VW Voyage












12 GM Prisma












14 Renault Sandero












13 Chevrolet Agile












15 VW Saveiro












16 Toyota Corolla












17 GM S-10












18 Ford Ecosport












21 Ford Fiesta Sedan












20 Honda Fit












19 GM Montana












22 Citroen C3












27 Peugeot 207 Hatch












25 Fiat Punto












23 Hyundai i30












26 Fiat Palio Weekend












28 Honda City












32 Renault Logan












24 Hyundai Tucson












29 Honda Civic












30 GM Corsa Hatch












31 GM Astra Hatch












33 VW Kombi












34 Toyota Hilux












37 Renault Clio Hatch












35 GM Meriva












36 Fiat Idea












38 Peugeot 207 Passion












39 Ford Focus Hatch












40 GM Vectra












41 Mitsubishi Pajero












42 Mitsubishi L200












45 Fiat Fiorino












43 VW Golf












47 Honda CR-V












44 VW Polo Sedan












46 Ford Ranger












48 GM Captiva












49 VW Polo Hatch












50 VW SpaceFox

Pesquisa CNT/Sensus aponta empate técnico entre Dilma e Serra

Pesquisa do Instituto Sensus encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transportes) aponta empate técnico entre a candidata do PT, Dilma Rousseff, e o tucano José Serra, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (14).
A petista obteve 46,8% das intenções, contra 42,7% de Serra. Como a margem de erro é 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, o resultado aponta empate técnico entre os dois candidatos. Votos brancos e nulos somaram 4%, e o percentual entre os que não responderam e os que não sabem 6,6%.
Considerando os votos válidos (que excluem nulos e brancos), Dilma tem 52,3% contra 47,7% de Serra.
A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 13 de outubro, e entrevistou 2.000 eleitores em 24 Estados, com sorteio aleatório de 136 municípios. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 35.560/270 no dia 8 de outubro.
Na pesquisa espontânea, na qual os candidatos não são identificados para os entrevistados, Dilma aparece com 44,5% e Serra com 40,4%. Os demais nomes citados pontuaram 0,3%. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda foi citado com 0,3%. Os votos brancos e nulos registraram 4% e os que não sabem e não responderam totalizam 10,6%.
Ao serem questionados sobre a expectativa de vitória, 59,6% dos entrevistados disseram acreditar que a candidata petista sairá vitoriosa do segundo turno das eleições, enquanto Serra aparece com 29%. Os indecisos somam 11,4%.
O Instituto Sensus identificou que 72,9% dos eleitores já têm voto definido. Os que não têm representam 22,9% e os indecisos, 4,3%.
92,7% dos entrevistados disseram que irão comparecer às urnas neste segundo turno, indecisos somaram 3,9%; 2,7 disseram que não vão votar e os que não sabem ou não responderam somaram 0,8%.
Rejeição
A CNT/Sensus verificou que o índice de rejeição dos candidatos está próximo: Serra tem 37,5% e Dilma, 35,4% - também tecnicamente empatados.
Contudo, a pesquisa identificou um aumento da rejeição da petista em relação ao último levantamento (de 26 a 28 de setembro), quanto Dilma estava com 32,6% e Serra com 40,2%.
“Nessa eleição, principalmente no final do primeiro turno, temos um fenômeno sociológico de natureza cultural de desconstrução de imagens. O processo de difamação até certo ponto, pegou”, comentou o diretor do Instituto Sensus, Ricardo Guedes.
Debate na Band
Dos entrevistados, 30,9% disseram ter assistido ao primeiro debate do segundo turno, promovido pela TV Bandeirantes no último domingo (10). Desses, 54,7% avaliaram que a ex-ministra teve um desempenho melhor, contra 45,3% do ex-governador de São Paulo.
Guedes, avaliou que o debate foi positivo para a presidenciável. No entanto, as denúncias de tráfico de influência na Casa Civil foram preponderantes para diminuir a intenção de votos da candidata. “Teve um peso maior que a discussão sobre assuntos religiosos”, afirmou.
“A posição da CNT/Sensus será de evitar fazer prognósticos [de vitória] devido ao rumo que a campanha tem tomado, com o empate técnico entre os dois candidatos”, afirmou o presidente da CNT, Clésio Andrade.
Votos por região
Dilma Rousseff apresentou quedas na expectativa de votos em todas as regiões do país. A única em que manteve a liderança foi a região Nordeste, onde obteve 60,7% das inteções de voto contra 31,1% de Serra. Na pesquisa de 26 a 28 setembro, a petista tinha 66% contra 24,5% do tucano.
No Sudeste, Dilma (43,3%) e Serra (44,7%) estão tecnicamente empatados. Na avaliação anterior, Dilma tinha 52,1% e Serra, 36%.
No Sul, o candidato do PSDB cresceu mais: passou de 45,5% para 56%, enquanto a petista teve queda de 40,7% para 36,4%.
Nas regiões Norte e Centro-Oeste, também houve uma redução nas intenções de votos de Dilma, de 48,9% para 40,7%. Serra subiu de 38,2% para 45,7%.
“Não estamos vendo outra explicação que não seja a campanha de difamação e desconstrução da imagem de Dilma para os resultados”, afirmou Clésio Andrade.

Fonte: UOL

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O que é mais eficiente para secar roupas: muito vento ou muito sol?

Por incrível que pareça, o vento é mais eficaz que o sol na secagem das roupas. Ele movimenta as partículas de ar, que se chocam com as moléculas de água do tecido, agilizando a sua evaporação. Já o calor do Sol provoca um processo semelhante a esse, só que mais lentamente. Para testar a teoria, coloque uma roupa molhada para secar ao sol dentro de uma caixa de vidro fechada e ponha a mesma roupa em um quarto escuro com bastante ventilação. Outro fator que influencia na secagem é a umidade do ar. Nos dias de ar seco, as moléculas de água que saem do tecido se agrupam com mais facilidade na atmosfera. O tipo de tecido também modifica essa equação: roupas de fibras mais porosas, como o linho, favorecem o escoamento da água, enquanto tecidos de fibras mais densas e fechadas, como a lã, dificultam a evaporação.

E o vento levou...
...A melhor sobre o sol! Entenda por que a ventania seca mais que o calor

SECAGEM PELO SOL

1. Ao estendermos a roupa molhada no varal, o calor do Sol fornece energia térmica para as moléculas de água começarem a se movimentar

2. Assim, algumas moléculas se desprendem do tecido lentamente e vão para a atmosfera em forma de vapor. Quando todas as moléculas se soltarem, a roupa estará seca

SECAGEM PELO VENTO

1. A energia para a movimentação das partículas não vem do calor, mas do deslocamento do ar com o vento, que é mais rápido que o calor

2. Neste processo, conhecido como convecção, a massa de ar agita e "empurra" as moléculas de água para fora do tecido, secando a roupa

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Para onde vai o lixo eletrônico do planeta?

CINTIA BAIO | Do UOL Tecnologia

Tente adivinhar: quantos quilos de matéria-prima são usados para a fabricação de um computador? Antes de dar o seu palpite, leve em conta essa dica: "pense grande". Os números são astronômicos.

De acordo com um estudo divulgado pela Universidade das Nações Unidas, para a montagem de um desktop de 17 polegadas são usados cerca de 1.800 quilos de componentes. Somente de combustíveis fósseis são gastos 240 quilos, 22 quilos de produtos químicos e 1.500 quilos de água.

Mas não é só na composição e fabricação das máquinas que os números assustam.

Com o barateamento do PC e o crescimento das vendas desses equipamentos, a quantidade de lixo eletrônico no mundo (conhecido como e-waste) já chegou a casa de 50 milhões de toneladas, representando 5% de todo o lixo produzido pela humanidade.

Para se ter uma idéia, se colocássemos todo esse lixo em vagões de um trem, a locomotiva do lixo seria capaz de dar a volta ao mundo.

E, para agravar ainda mais o problema, esses vagões seriam tóxicos. Entre as substâncias usadas para a fabricação de equipamentos eletrônicos figuram o mercúrio, arsênio e chumbo que, quando em contato com seres humanos, podem causar diversos danos à saúde.

Discovery Channel-Segredo das coisas-Sardinha em lata

video

Quanto custa um deputado?

Reclamamos do alto salário dos 513 deputados federais, mas ´o problema são as verbas`, diz o coordenador de projetos da ONG Transparência Brasil, Fabiano Angélico. No gráfico abaixo, o tamanho de cada item corresponde ao seu custo.

por EMILIANO URBIM, THAIS SANT´ANA, GABRIEL GIANORDOLI E CÁSSIO BITTENCOURT

VERBA DE GABINETE
Cada um dos 513 deputados federais possui esta verba mensal para gastar com material de escritório e pagar até 25 assessores parlamentares. Os deputados federais brasileiros estão entre os que podem contratar mais gente.

VERBA INDENIZATÓRIA
É para gastos com gasolina, comida, hospedagem, aluguel de escritório (sim, além dos que eles têm no Congresso) e consultorias - sendo que consultoria pode ser qualquer coisa que os deputados decidirem chamar de consultoria.


SALÁRIO
Além do 13º, há mais dois salários extras no início e no fim do ano legislativo, para dar uma força.
MAIS QUE O LULA
Não admira que deputados se achem importantes: ganham mais que o presidente.


AUXÍLIO MORADIA
A ajuda no aluguel vale até para deputados do Distrito Federal. A alternativa seriam apartamentos funcionais, que acabam repassados a assessores e parentes.

COTA POSTAL E TELEFÔNICA
É preciso muito correio e DDD para contatar as bases. A cota também pode incluir a conta da banda larga.

IMPRESSÕES E ASSINATURAS: R$ 1 000
Além de imprimir o que acharem necessário, nossos representantes têm uma grana para assinar jornais e revistas.

PASSAGENS
Deputados ganham viagem ida e volta de Brasília para o estado que representam. São R$ 9 mil por mês que não precisam de justificativa - pode ser convenção partidária ou festa junina.
ASSISTÊNCIA MÉDICA
O deputado e sua família podem pedir reembolso ilimitado de gastos com saúde. Em 2009, a Câmara gastou R$ 50 milhões com médicos e dentistas: deu R$ 8 mil para cada.


CÂMARA INDISCRETA
Comparação do custo de um deputado federal com a riqueza média gerada por um cidadão em alguns países.
FONTE(SUPER INTERESSANTE)

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Top 10: as espécies de cobras mais estranhas

Se uma cobrinha comum já te deixa arrepiado, recomendamos que você pare de ler esta matéria agora. As mais de 3 mil espécies diferentes de cobras existentes no mundo tiveram sua origem na mesma época dos dinossauros e, de lá para cá, foram se modificando para adaptarem-se aos mais diferentes ambientes. Confira uma seleção de animais belos e assustadores:
10. Salamanta, a cobra arco-íris






















Este belo animal da espécie Epicrates cenchria tem a capacidade de refletir as corres do arco íris em seu corpo. Pode chegar aos dois metros de comprimento, mas não tem presas e glândulas de veneno. Existem subespécies desta serpente nas Américas Central e do Sul, inclusive no Brasil.
9. A cobra trompa de elefante


 






As cobras do gênero Acrochordus vivem na água e se alimentam de peixes. Como não têm presas inoculadoras de veneno, matam suas presas por estrangulamento. Elas têm este nome por causa da pele cheia de rugas, escamas arredondadas e o couro mais folgado, que parecem maiores do que as cobras comuns. Poder medir até 2,5 metros e vivem na Indonésia







8. Cobra de tentáculos











A primeira coisa que chama a atenção nos animais desta espécie aquática são os tentáculos localizados próximos à boca. Mas eles não são só enfeites para deixá-la mais simpática, são sensores de movimento que captam qualquer aproximação de peixes que possam servir de alimento. Como os peixes também costumam ser rápidos, a cobra consegue antecipar a fuga e cerca o animal com o corpo.
7. Moradora das árvores










Da família Colubridae, esta cobra tem vários parentes semelhantes. Elas vivem em árvores e, ao contrário da maioria das serpentes, enxergam muito bem suas presas do alto. Por serem leves, são capazes de se movimentarem de galho em galho. A coloração ajuda a passar despercebida pro predadores e presas. Algumas são peçonhentas, mas não causam muitos danos aos humanos. No Brasil, as espécies mais comuns são a cobra-cipó e a caninana.
6.Serpente marinha 











Encontradas nos Oceanos Índico e Pacífico, essas espécies de cobras são extremamente bem adaptadas ao fundo do mar. São muito venenosas, porém não costuma acontecer acidentes com humanos.
A maior parte dessas espécies passa toda a vida na água e não bota ovo, assim não precisam ir até a areia para dar a luz, como as tartarugas. Algumas são tão bem adaptadas que conseguem absorver o oxigênio da água através da pele.
5. Pele áspera











Este é um dos casos em que se pode confiar nas aparências. Se você encontrar uma cobra da espécie Atheris hispida, é melhor correr: sua picada pode ser mortal. As escamas pontudas e os olhos enormes ajudam a serpente de 70 centímetros a ficar assustadora. Ela vive em florestas africanas.
4. Víbora-de-chifre 











Conhecida como cerastes, esta serpente vive no deserto africano. Apesar dos chifres assustadores, ela mede cerca de 70 centímetros e seu veneno não é mortal para os humanos. A víbora fica escondida debaixo da areia e deixa apenas os chifres, olhos e nariz de fora esperando para atacar a presa. Ela vive em áreas quase inabitadas e se locomove lateralmente, deixando marcas paralelas no a areia.
3. Cobra dente-de-sabre

















O nome da espécie é Atractaspis bibronii . Vive na África, e passa a maior parte do tempo no subterrâneo. Seus dentes aumentados funcionam para inocular o veneno. Ela nem precisa abrir a boca para dar a mordida, assim evita a entrada de sujeira durante a caça. O veneno já causou a morte de crianças.
2. Cobra voadora 
Vivem na Índia e Ásia, e apesar deste nome, não voam, mas são excelentes planadoras. Elas utilizam um técnica de movimentação corporal para planar de uma árvore para outra. Essas cobras conseguem percorrer até 100 metros no ar. São venenosas, mas levam perigo aos humanos. Como vivem a maior parte do tempo em árvores, alimentam-se de pequenos animais que andam por elas.
1. Nariguda



















As cobras da espécie Langata nasuta também vivem no alto das árvores. Elas se alimentam de lagartixas e salamandras. Vivem nas florestas tropicais de Madagascar e estão ameaçadas. Seu veneno pode causar muita dor, mas não chega a ameaçar a vida de humanos. Elas são um dos poucos casos onde machos e fêmeas podem ser diferenciados só de olhar, o macho é amarelado e liso, e a fêmea é marrom e tem as escamas ásperas.
FONTE(REVISTA GALILEU)